Voltar às notícias

IAOCP
NEWS

Tudo o que você
precisa saber sobre
concursos públicos,
federais e estaduais.

13 de outubro de 2015

Por que sentimos sono durante a leitura?

sono

Muitas vezes, quando estamos focados nos estudos e realizando longas leituras, o sono surge repentinamente e com muita intensidade, fazendo com que a atividade seja dificultada ou impossibilitada. Mesmo que não estejamos cansados antes de iniciar os estudos, essa situação pode ocorrer naturalmente.

O sono repentino ocorre por dois motivos de origem fisiológica, o primeiro deles é devido à adenosina, substância que se acumula no cérebro quando estamos há muito tempo acordados. A adenosina inibe o estado de vigília do organismo, resultando em cansaço intenso que desconcentra a leitura e a realização de exercícios.

Outra explicação está relacionada à melatonina, substância também ligada ao sono. A melatonina é “ativada” em nosso organismo por volta de duas horas antes do horário habitual que vamos dormir e depende da baixa luminosidade para agir. Nesse sentido, quanto mais escuro for o espaço em que você estiver, mais rápida será a síntese da melatonina e, consequentemente, mais sono você irá sentir.

Procure fazer leituras durante o dia para evitar transtornos em seu rendimento de estudos. Caso precise ler à noite, um repouso antes do início da atividade é recomendável, já que deixará o organismo menos propenso ao sono. Opte sempre por ambientes claros e bem iluminados e evite deitar-se para ler – deitar relaxa os músculos, favorecendo o sono.

Uma boa saída para quem precisa ler à noite é utilizar computadores, tablets e outros aparelhos eletrônicos, já que, por emitirem luz, inibem a produção de melatonina.

Confira aqui outras dicas para espantar o sono de sua rotina.

instituto aocp no facebook

Acompanhe os melhores concursos pelo país no Facebook do Instituto AOCP!